Guardados


“Como quando se tira um vestido velho do baú,
um vestido que não é para usar, só para olhar.
Só para ver como ele era. Depois a gente dobra
de novo e guarda mas não se cogita em jogar
fora ou dar.
Acho que saudade é isso.”

LYGIA FAGUNDES TELES

Anúncios