Balada das dez bailarinas do cassino

Cecília Meireles Dez bailarinas deslizam por um chão de espelho. Têm corpos egípcios com placas douradas, pálpebras azuis e dedos vermelhos. Levantam véus brancos, de ingênuos aromas, e dobram amarelos joelhos. Andam as… Continuar lendo

Cogito – Torquato Neto

eu sou como eu sou pronome pessoal intransferível do homem que iniciei na medida do impossível eu sou como eu sou agora sem grandes segredos dantes sem novos secretos dentes nesta hora eu… Continuar lendo

NAVEGAÇÃO – cecília meireles

Éramos feitos de um leite casto, repleto de suspiros. Feitos de canções docemente entoadas sob vagas iluminações. De brinquedos poéticos,sob estrelas, em varandas e laranjais. Tínhamos olhos cheios de flores e pássaros, a… Continuar lendo

Cátedras – Cecília Meireles

  Com saudade de mim incline-me na noite. Ó mundo da solidão, escorrendo lágrimas!Saudade daquela tristeza que amei e da paciência com que a deixei passar como se espera caridosamente que passem pelas… Continuar lendo

OLVÍDIO – AS METAMORFOSES

Não há coisa alguma que persista em todo o Universo. Tudo flui, e tudo só apresenta uma imagem passageira. O próprio tempo passa com um movimento contínuo, como um rio… O que foi… Continuar lendo

LEIS DA DIALÉTICA

1. A Mudança Dialética. I – O Movimento Dialético. II – Para a dialética não existe nada de definitivo… III – O Processo. 2. A Ação Recíproca. I – O encadeamento de processos… Continuar lendo

A Filosofia de Marx

Para Marx, não é a consciência do homem que determina o seu ser, mas, pelo contrário, o seu ser social é que determina a sua consciência. O “ser social” do homem está ligado… Continuar lendo

O MITO DA CAVERNA

Imaginemos uma caverna separada do mundo externo por um alto muro. Entre o muro e o chão da caverna há uma fresta por onde passa um fino feixe de luz exterior, deixando a… Continuar lendo

UTOPIA

“A utopia está lá no horizonte. Me aproximo dois passos, ela se afasta dois passos. Caminho dez passos e o horizonte corre dez passos. Por mais que eu caminhe, jamais alcançarei. Para que… Continuar lendo